Bem....acho que entrei na onda de "blog"...Quem diria...Agora sou uma
blogueira!!!...hehehehe. Mas enfim, só pra refletir sobre coisas que não sabemos por onde ou como começar...posso afirmar que tudo se inicia por algo pequeno e simples :)

sexta-feira, 12 de março de 2010

Com Ele Habitar...




Para aqueles que já conhecem ou já viram algum templo d' A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias sabem que eles são lindos por fora e tão maravilhosos e especiais por dentro. Só o simples fato de poder vê-los por fora ou estar em um de seus jardins já nos traz muito conforto, uma sensação de paz.

Por um sábio e eterno propósito estes templos se encontram pelo mundo inteiro (podemos dizer que quase todo país tem algum), e isso para que os membros da Igreja possam realizar convênios e ordenanças sagradas, e assim se aproximar mais da vontade de nosso Pai Celestial cada vez mais.

Eu ainda estou conhecendo estes marvilhosos locais que também sabemos que é " A Casa do Senhor". Sei também que nesses locais tão especiais vou poder me aperfeiçoar como pessoa, e bem como definir coisas importantes para a minha vida.... Assim como eu digo em meu blog "por onde começar", posso dizer que lá eu sempre saberei o que fazer e porque estou fazendo tais coisas.

Desde a semana passada eu tenho pensando muito nos templos, nas coisas que eu tenho que fazer lá, e nas coisas que ainda quero fazer....Acredito que um dos motivos que me tem feito pensar muito nos templos é que já faz umbom tempo que eu não tenho ido...Ou seja, saudade do que é bom, e necessidade de sentir se melhor :D Afinal, como eu havia dito anteriomente, lá é "A Casa do Senhor", então nada melhor do que estar sobre a inflência d'Aquele que tanto nos ama.

Neste último Domingo, conversei por um longo tempo com o Kevin (e foi muito bom...rs), mas dentre as muitas coisas que falamos, ou melhor, compartilhamos, foram fotos de alguns templos, templos que eu admirava só de ver pela foto, ou então templos que ele já teve a oportunidade de conhecer. Já imaginava que o Kevin conhecia muuuuitos templos (pois é nos EUA o país onde mais se encontram esses templos). Espero um dia poder estar visitando os templos dos EUA junto com o Kevin (que será meu guia particular e super especial), vai ser uma experiência muito mais que especial e inesquecível.

Sei que onde quer que estejamos devemos buscar sempre estar constantemente frequentando o templo, e mesmo que seja a primeira vista uma linda construção, é um local onde podemos nos elevar cada vez mais, é um local em que podemos nos sentir "fora do mundo" e nos concentrar em nossos propósitos como pessoas e como filhos de Deus. Mais uma de minhas várias metas é estar nos templos pelo menos uma vez por mês....Isso com certeza vai me trazer muitas bençãos, alegrias e paz, além de fortalecer a minha fé e amor no Salvador e em nosso Pai Celestial!

E algo especial esta semana me fez novamente relembrar coisas especiais sobre os templos...Um amigo, Adam McDonald, enviou uma linda carta contando um pouco como estão as coisas com ele, falando sobre como foi especial a missão dele aqui no Brasil, mas dentre essas coisas que ele escreveu ele destacou a importância dos templos em nossas vidas, até mesmo para que tenhamos sempre como principal objetivo fazer a vontade do Senhor, para que todos um dia possamos viver junto com Ele, mas para isso devemos ter sempre frequentar os templos; inclusive ele compartilhou uma escrituras de Salmos 24, em que por mais que esteja sendo feita uma pergunta, devemos ler como se fosse um conselho para nós - "Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará em seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração."

Bem, um dos desejos de meu coração é buscar sempre a melhor escolha....E eu bem sei que estando em lugares como o templo para buscar refletir sobre a minha vida e fazer a vontade do Pai é sempre um bom começo para que sempre a melhor escolha seja feita! Desejo também poder um dia (e sempre) estar no templo com a minha família e com aqueles que amo, para que um dia todos nos possamos com Ele habitar!


. . . .


Nenhum comentário: